segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Espiritualidade e Culpas 2

Culpar-se à espera de punição ou sofrimento redentor é o mesmo que se impor castigos sem utilidade real. Sua espiritualidade deve ser suficiente para o entendimento de que nenhuma experiência equivocada justifica eternos sofrimentos purgadores. O bem, que sempre vigora, favorece o surgimento de preciosas lições educativas para a evolução do Espírito, sem a necessidade de deuses vingativos. Atue na vida de forma a aprender, educar seus impulsos e a compreender os sinais que a Vida apresenta, convidando-o ao bem, ao amor e à espiritualidade.

Extraído do livro Espiritualidade no dia a dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário