quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Felicidade no dia a dia 35

Ante a desencarnação de um ente querido, compreenda que se trata de lei geral da vida em que todos se enquadram, permanecendo em paz e desejando o melhor para quem partiu. Lembre-se de que sua tristeza, mesmo legítima, deve ter tempo curto, até que você compreenda que a vida continua para quem retorna a sua casa de origem. Logo, logo, mesmo com saudades, quem partiu para a dimensão espiritual se sentirá feliz, lembrando-se dos bons momentos vividos, em contraste com a tristeza e o pesar de quem ficou. Pense sempre que a desencarnação é a libertação do Espírito.

Extraído do livro Felicidade no dia a dia.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Felicidade no dia a dia 34

Sua espiritualidade deve cada vez mais ser compreensiva, não moralista, muito menos dogmática, pois deve compreender e aceitar o direito do outro de pensar diferentemente de você. Não imponha sua espiritualidade a ninguém; essa se constitui patrimônio pessoal, construído a partir de certezas íntimas, pela elaboração de raciocínios e sentimentos obtidos na experiência direta com o espiritual verdadeiro, bem como pela sua profunda conexão com o Criador da Vida. Ofereça sua espiritualidade ao outro de forma natural, sem discursos nem tentativas de convencimento. Doe sua espiritualidade pelo seu coração.

Extraído do livro Felicidade no dia a dia.

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Felicidade no dia a dia 33

Desenvolva sua espiritualidade, configurando sua Consciência para a compreensão de tudo que envolve as condições posteriores à morte de seu corpo físico, para que não tenha dúvida nem se angustie diante dessa ocorrência futura. Responda com segurança, em sua Consciência, aos questionamentos existenciais sobre sua origem, seu destino e a razão de sua vida para viver de forma autêntica sua espiritualidade. As respostas aos questionamentos existenciais encontram-se em sua íntima certeza de que você é, como todos os seres humanos, um Espírito imortal.

Extraído do livro Felicidade no dia a dia.

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Felicidade no dia a dia 32

Vá além dos preceitos religiosos que são recomendados por sua identidade religiosa. Sua religião, embora útil ao seu agir, deve ser capaz de lhe oferecer um estado de espiritualidade que lhe traga a compreensão de todas as escolhas humanas em relação ao sagrado. Sua espiritualidade deve ser simples, acolhedora e compreensiva em relação ao entendimento do outro a respeito de Deus. Sua espiritualidade deve ir além da crença dogmática, constituindo-se um estado de consciência baseado na certeza da própria imortalidade, sem artificialismos e rótulos religiosos.

Extraído do livro Felicidade no dia a dia.

domingo, 19 de janeiro de 2020

Felicidade no dia a dia 31

Sua espiritualidade deve sempre lhe proporcionar meios para ser feliz. Seu contanto com a transcendência deve lhe trazer bem-estar e felicidade, por se tratar de experiência que o conecta às Forças Superiores da Vida. Espiritualidade é algo que nos põe acima de tudo quanto representa a inferioridade humana, trazendo a certeza de que somos Espíritos. Portanto, coloque sua espiritualidade a serviço da felicidade, demonstrando que se trata de algo verdadeiro e produtivo para sua vida cotidiana. Sua espiritualidade é muito mais do que aquilo que recomenda sua religião.

Extraído do livro Felicidade no dia a dia.

sábado, 18 de janeiro de 2020

Felicidade no dia a dia 30


Trabalhe em favor do bem, da prosperidade e do despertar do Espírito para que tudo e todos percebam a presença do Criador em você. Sua felicidade, baseada no amor à vida, na consciência de sua imortalidade, no entusiasmo pelo viver e realizar, garantirá o encontro com o sentido e o significado de sua própria existência. A felicidade não é um fim em si, mas um estado de permanente equilíbrio entre seus pensamentos, suas emoções e as ações que você executa na vida. Seja sempre coerente e atue harmonizando seu pensar, seu sentir e seu agir.


Extraído do livro Felicidade no dia a dia.

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Felicidade no dia a dia 29

Seu sentimento de amor será percebido por todos que o rodeiam, pois você transbordará sua disposição de viver e de realizar em favor do viver. Deixe fluir seu amor na direção das realizações que promovem a vida e que proporcionam o bem à sua volta. Tudo quanto você fizer, alimentado pelo sentimento de amor, trará felicidade e prosperidade ao seu entorno. O amor emana do Criador, permeando a Vida e estando à disposição de todos para que a evolução aconteça. Seu amor é o que mais aproxima você do sentimento profundo de Deus em sua existência.

Extraído do livro Felicidade no dia a dia.

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Felicidade no dia a dia 28


A felicidade de quem ama é estar com seu amor, desfrutando um convívio saudável, prazeroso e que proporcione disposição para o crescimento mútuo. Ponha sempre seu sentimento de amor a serviço desses propósitos, isso lhe trará felicidade e contribuirá para que as pessoas atuem em favor de um mundo melhor. Amar é sintonizar-se com os propósitos divinos e vibrar em consonância com desígnios superiores. Viver o amor, partilhando momentos felizes, promove o que de melhor existe na vida humana e faz com que o viver tenha sentido.


Extraído do livro Felicidade no dia a dia.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Felicidade no dia a dia 27

A felicidade de quem ama é estar com seu amor, desfrutando um convívio saudável, prazeroso e que proporcione disposição para o crescimento mútuo. Ponha sempre seu sentimento de amor a serviço desses propósitos, isso lhe trará felicidade e contribuirá para que as pessoas atuem em favor de um mundo melhor. Amar é sintonizar-se com os propósitos divinos e vibrar em consonância com desígnios superiores. Viver o amor, partilhando momentos felizes, promove o que de melhor existe na vida humana e faz com que o viver tenha sentido.

Extraído do livro Felicidade no dia a dia.

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Felicidade no dia a dia 26


Ame com toda a intensidade de seu ser, para que o Espírito que você é alcance a plenitude da felicidade. Sua felicidade está intrinsecamente ligada ao exercício do amor. Sua capacidade de amar as pessoas, de cuidar, de respeitar, de lhes oferecer o que lhe é possível doar, de lhes ensinar como ser feliz é caminho seguro para uma vida que encontrou o sentido e o significado. Conquistar a capacidade de amar é tarefa máxima que se traduz em felicidade plena. Amor e felicidade devem ser metas existenciais superlativas e compartilhadas com todos.



Extraído do livro Felicidade no dia a dia.