sábado, 23 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 118

Quando sua cruz for mais leve do que a de seu semelhante, ofereça-lhe um pouco de sua vitalidade e energia de viver e de suavizar sua agonia. Enquanto o sofrimento existir na Terra, ofereça um pouco de sua caridade para minorar a dor do outro, pois a evolução do Espírito é um processo que exige compartilhamento. Solidarize-se com seu irmão enquanto está no caminho com ele, pois estamos todos envolvidos pela mesma energia amorosa do Criador, que sempre nos estimula ao amor. Ao se livrar do peso que carrega na vida, não deixe de auxiliar os que ainda se encontram perdidos e sobrecarregados, pois são também seus irmãos.

Texto extraído do livro Caridade no dia a dia.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 117

Quando seu olhar direcionar seu coração para o auxílio ao outro, atenda-lhe o apelo caridoso. Nesse momento, é Jesus que o convida ao serviço do bem pela restauração do equilíbrio do outro. Sua disposição de servir, de auxiliar ou de praticar a caridade é um convite que se origina na dimensão do Espírito para que você encontre a transcendência. Junte-se aos que já entenderam que fazer o bem é alcançar um estágio mais avançado na evolução, pela conquista da solidariedade, da fraternidade e do amor ao próximo. Em seu íntimo, reverberam as palavras de Jesus quando afirmou que você é a luz do mundo. Faça-a brilhar.

Extraído do livro Caridade no dia a dia

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 116

Evite acostumar sua família consanguínea a viver dependendo exclusivamente de você. Na medida do possível, excetuando-se alguns casos de impossibilidade real, esforce-se para promover a independência daqueles que se tornaram satélites de vitalidade. Sua caridade para com eles também pode se apresentar sob a forma de uma demonstração do desafio, da disciplina e da renúncia necessária à obtenção do que precisam. Pode também ser caridade dizer não, negar em certos casos ou não poder ajudar em outros. Seu discernimento deverá ser utilizado para avaliar em que circunstâncias a caridade do não será praticada.


Extraído do livro Caridade no dia a dia.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 115

Sua doação não deve viciar o receptor, para que ele não atrofie sua capacidade de vencer desafios e de lutar pelo que necessita. O irmão a quem você pretende ajudar, mesmo aquele que não possui parentesco algum com você, também deve trilhar o caminho do sacrifício que você fez para conquistar o que necessita para viver. Evite demonstrar que pode ajudar, tornando-o viciado e acomodado em receber. Todos somos membros da família universal. Aja, portanto, em favor de seu semelhante, considerando-o um irmão que necessita de seu auxílio para estar na mesma condição que você alcançou.

Extraído do livro Caridade no dia a dia.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 114

A caridade que você faz promove a inclusão de outros em sua família, pois você atrai muitos com sua doação. A caridade amplia os laços de família com a inclusão dos que, muitas vezes, são invisíveis socialmente. Com a caridade que se pratica, percebe-se que somos todos parte de uma família maior, oriunda do Criador, que disponibiliza o Universo e tudo o mais para as criaturas. Observe e verá que não há diferenças significativas entre os seres humanos, razão pela qual a igualdade que você promove com ações caridosas irá favorecer a fraternidade que a todos une.

Texto extraído do livro Caridade no dia a dia.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 113




Inicie sempre a prática da caridade no seio de sua família, pois você se encontra entre aqueles com os quais deve desenvolver a fraternidade. Com seus familiares, a caridade se torna seu maior exemplo de que, quando é vivida, transforma, educa e promove a paz no ambiente. Quando você pratica a caridade em casa, todos compreendem suas ações no mundo, valorizam seu viver e consideram importantíssima sua coerência na vida. Ante a incompreensão dos que o cercam, ofereça-lhes a caridade da tolerância, da compreensão e da amorosidade, pois ninguém lhe conhece o suficiente para entender sua paz.



Extraído do livro Caridade no dia a dia.

domingo, 17 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 112

Compartilhe o que você possui de maneira a promover o crescimento pessoal e do outro. Tudo o que contribuiu para seu bem e que pode promover o mesmo ao outro, na medida do possível, divida com ele a fim de que também aprenda com você. Somos filhos de um mesmo Criador, vivendo num mesmo planeta, submetidos ao mesmo sistema evolutivo. Compartilhe, portanto, caridosamente, seu conhecimento, sua sabedoria e seu amor. Lembre-se sempre de que enriquecer é enriquecer-se do que se divide com os outros para que se multiplique o bem-estar de todos.

 Texto extraído do livro Caridade no dia a dia.

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 111


Quando lhe sobrar algo que você deseje doar, pense sempre para quem pretende fazê-lo e qual sua real necessidade, a fim de que sua doação tenha o devido valor para você e para quem a recebe. Dar o que sobra não deve ser apenas uma forma de arrumar o guarda-roupa ou a casa, mas um ato de desprendimento e de amor à Vida, que sempre visa ao bem maior. Essa sobra, muito embora possa ser útil a outrem, pode sinalizar a necessidade de você rever o acúmulo e a quantidade daquilo de que necessita para viver. Doe tudo aquilo que em sua vida não tem sentido nem lhe traz benefício algum, mas que pode fazer o bem a alguém.

Texto extraído do livro Caridade no dia a dia.


sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 110

Toda ação caridosa deve se iniciar no coração de seu agente. Quando se trata de ato mecânico, racional ou para cumprir algum rito, o agente deve refletir sobre o bem que faz a si mesmo e sobre a qualidade do que foi proporcionado ao outro. A ação caridosa é plataforma para outras que devem se multiplicar para que se transforme em comportamento natural. Na dúvida se deve doar algo ou se deve continuar a realizar a ação caridosa, reflita sobre se o que lhe motivou a realizá-la foi resolvido ou saciado; caso contrário, faça-a como meio para conquistar a integração da virtude que lhe falta.

Extraído do livro Caridade no dia a dia.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 109



Dar e doar são verbos muito semelhantes, mas, a depender de quem age, podem ser diferentes. Dar pode parecer simplesmente desfazer-se de algo; doar, no entanto, pode significar oferecer com generosidade. Dê, procurando associar ao objeto a emoção de quem deseja fazer o bem ao outro, para que seu ato seja sempre uma doação com o coração. Dar é caridade, porém, doar está mais próximo da generosidade. Desfazer-se de algo que lhe sobra, doando a alguém, não deixa de ser caridade, porém repartir e compartilhar com alguém o que lhe serve traduz a bondade que existe no coração.

Extraído do livro Caridade no dia a dia.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 108

Cuide para que suas emoções, quando expressas, possam contribuir para a formação de bons sentimentos na intimidade de seu ser. Emoções são instintivas e sentimentos são resultantes de elaborações das emoções. Sentimentos nobres, que melhor estruturam a personalidade, decorrem de emoções já educadas e elaboradas com o intuito de favorecer seu crescimento e dos outros. Expresse sentimentos quando eles proporcionem o bem, a paz, a alegria e o amor que contagiam a todos. Seus sentimentos podem ser excelentes meios de lhe trazer bons fluidos, de veicular esperança e de valorizar a vida.


 Texto extraído do livro Caridade no dia a dia.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 107

Quando perceber que alguém não demonstrou equilíbrio emocional, excedendo-se ou provocando algum constrangimento, minimize o episódio e o chame em particular para o diálogo amigo e educativo para ele. O erro cometido pelo outro, muito provavelmente, também poderia ser cometido por você. Seja tolerante com o equívoco do outro, evidentemente, sem pactuar com sua conduta, porém evitando ampliar as consequências de qualquer comportamento reprovável. A caridade se estende também à gradação e à intensidade que você atribui ao expor o equívoco do outro, por mais condenável que possa ser.


Extraído do livro Caridade no dia a dia.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 106

Em tudo o que fizer, dê sempre o seu melhor, contribuindo para que o outro também proceda da mesma forma. Agindo com a excelência que lhe é possível, sobretudo na expressão emocional equilibrada, você estará fazendo a caridade que transfere para o ambiente vibrações de harmonia e paz. Sempre ofereça o melhor de você para que receba o melhor, transformando seu ambiente em um lugar onde todos buscam a excelência no viver. Quando você perceber que se excedeu emocionalmente, não deixe de pedir desculpas e de se colocar humildemente como quem está buscando se melhorar. Ofereça sua humildade sempre.

Texto extraído do livro Caridade no dia a dia. 

domingo, 10 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 105



Seja caridoso ao expressar suas emoções para que o outro compreenda melhor suas intenções e você não seja alvo de qualquer mal-entendido. Educar as emoções é providência necessária para que o Espírito avance em sua evolução e contribua para o bem do outro. A educação das emoções contribui para o desenvolvimento da inteligência emocional, uma das importantes qualidades que o Espírito necessita integrar. Perceber e nominar as próprias emoções possibilitam o desenvolvimento da habilidade de expressá-las adequadamente. Emocionar-se é natural; não se expressar com o devido filtro, no entanto, pode levar ao adoecimento. Expresse sua emoção sempre, principalmente quando isso contribuir para o bem-estar do outro.

Texto extraído do livro Caridade no dia a dia.

sábado, 9 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 104

Faça tudo o que estiver ao seu alcance para melhorar a sociedade, exercendo com dedicação sua cidadania e contribuindo para uma melhor ordem social. Toda sociedade necessita de pessoas comprometidas com o bem e com o senso de organização apurado, razão pela qual você deve fazer a sua parte, doando-se e oferecendo a cota que lhe cabe. Junte-se ao time daqueles que já compreenderam que não devem esperar por ninguém, nem pelos governos, para o esforço da construção de uma sociedade melhor para todos. Essa sociedade com a qual você contribui e da qual você participa será sua morada na próxima encarnação. Afinal, recebemos o que somos capazes de construir.
  
Extraído do livro Caridade no dia a dia.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 103



Pense sempre na caridade que liberta, como uma gradativa substituição à que apenas minora momentaneamente o problema do outro. Sempre que possível, sem necessariamente bloquear o desejo de ajudar nem frustrar o atendimento ao que o outro lhe pede, objetive a caridade que emancipa o outro, em lugar da que sacia a necessidade momentânea. Se alguém lhe pedir o que necessita para sua subsistência, não é um mal atender, porém busque ensinar-lhe a conquistar pelo trabalho digno. O bem não deve demorar, mas o esforço para tê-lo necessita do sacrifício de energias, da disposição para aprender e da vontade para sair da inércia.

Extraído do livro Caridade no dia a dia. 

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 102


Quando perceber que se encontra fora do corpo físico, experimentando um desdobramento consciente, lembre-se de querer fazer o bem, cuja providência lhe favorecerá condições tranquilas no ambiente espiritual em que se encontrar. Ao deitar, logo antes de adormecer, imagine-se em um ambiente espiritual em contato com nobres Espíritos, ouvindo profundas lições, beneficiando-se da caridade de que são portadores. Muito provavelmente, você se deslocará para local semelhante, onde receberá orientações de que necessita. A vida no Além é tão ou mais rica do que a vida material, pois é local em que a transparência da personalidade é inevitável.



Texto extraído do livro Caridade no dia a dia.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 101

Seja caridoso sempre e, quando planejar sua próxima encarnação, inclua ações voltadas para a caridade cada vez melhor executadas. Pense que você poderá promover ações voluntárias, dedicando parte de seu tempo, de forma anônima, em favor de algum projeto social para a próxima encarnação. Reflita de que maneira fará e em que idade iniciará, pois, assim idealizando, você gerará marcadores cármicos positivos, cujo disparo, no momento desejado, só dependerá de você. A imaginação no bem gera imagens carregadas de vontade e desejo como ondas que reverberam e se propagam no tempo. Queira e deseje, pois sua vontade mobilizará as Forças Vivas da Natureza.


Extraído do livro Caridade no dia a dia.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 100


Deus opera também através do Espírito que você é. Torne-se, conscientemente, uma espécie de médium de Deus, realizando o melhor de você, plantando o bem e construindo a sociedade na qual você almeja viver. Guarde a certeza de que sua íntima e inquebrável conexão com o Criador o torna Seu médium, sempre passível de realizações transcendentes e de acordo com a máxima espiritualidade. Essa conexão capacita o Espírito a grandes realizações no campo mediúnico, juntamente com entidades desencarnadas que adquiriram a mesma consciência de sua unidade com o Criador.

 Texto extraído do livro Caridade no dia a dia.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 99


Sua mediunidade natural favorece a emissão de fluidos em consequência das propriedades de seu perispírito. A qualidade da emissão dependerá, no entanto, do tipo de pensamentos que você costuma construir em sua consciência. Quanto melhores sejam suas ideias, mais você atrairá pessoas desencarnadas que pensam identicamente, traduzindo-se em andar em boas companhias espirituais. Essas companhias, quando caminham com você, costumam, em decorrência de sua mediunidade natural, favorecer outras que se aproximam com os mesmos ideais. Lembre-se, pois, de que você é um farol luminoso que recebe e emite luz por onde transitar.


Texto extraído do livro Caridade no dia a dia.

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 98



Na vida diária, em suas atividades corriqueiras, sua mediunidade pode também ser utilizada na prática da caridade de várias maneiras, sobretudo na sintonia com os Bons Espíritos ao dirigir a palavra a alguém. Quando em contato com pessoas doentes, deseje que bons fluidos curativos sejam emitidos em sua direção. Quando for escrever ou digitar ideias, busque também estabelecer uma boa sintonia espiritual a fim de produzir textos de melhor qualidade. Em qualquer circunstância, lembre-se sempre de que sua mediunidade, ostensiva ou não, é uma faculdade que lhe conecta ao mundo espiritual, portanto, exerça-a atraindo o bem.



Texto extraído do livro Caridade no dia a dia.

sábado, 2 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 97

Na dimensão espiritual, tanto quanto na vida material, existem pessoas infelizes, solitárias ou depressivas que necessitam da caridade do diálogo, da conversa amiga ou do contato humano comum. Essa possibilidade se torna real, ao menos entre encarnados e desencarnados, graças à mediunidade. Utilize, portanto, sua mediunidade para esse fim, sendo caridoso com aqueles que anseiam por um contato com a dimensão na qual se situam suas preocupações. Sua mediunidade é instrumento útil à prática da caridade, da qual você, pela inserção na dimensão espiritual, é também o beneficiário.


Texto extraído do livro Caridade no dia a dia.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Caridade no dia a dia 96

Quando o Espírito pensar em fazer uma caridade e quiser avaliar o quanto pode, deve se lembrar da maravilhosa oferta que recebeu: tem a imortalidade à sua disposição, o tempo infinito e o destino nas próprias mãos. Toda caridade que fizer sempre será menor do que a que lhe fez seu Criador, razão pela qual deve praticá-la como filosofia existencial. Sua caridade deve se estender a si mesmo, ao se cuidar, ao se valorizar e ao se realizar, considerando a importância que lhe foi dada pelo Criador. A caridade feita em nome de Deus deve se iniciar na construção de uma personalidade ótima produtiva e eficiente para a construção de um mundo melhor.




 Texto extraído do livro Caridade no dia a dia.