domingo, 6 de dezembro de 2015

Direcione sua raiva

Quando a raiva surgir, entenda-lhe o sentido, direcionando-a para uma ação assertiva e consequente;
Utilize sua raiva para agir em mudanças em sua personalidade, naquilo que não mais atende aos seus propósitos de se tornar uma pessoa melhor;
Use a raiva como força amiga para que sua energia atue como força propulsora para o bem;
Ter raiva é consequência do instinto de defesa, cuja resposta deve ser conduzida para o crescimento pessoal e para quem seja dirigida;
Transforme sua raiva em motivação para realizações em favor do encontro de soluções criativas e inteligentes para sua instabilidade;
Não maldiga sua raiva, pois se trata de energia divina a ser aplicada na direção do amor e da paz.


Nenhum comentário:

Postar um comentário