domingo, 30 de agosto de 2015

Espiritismo e Gênero

Em O Livro dos Espíritos, obra basilar, da Doutrina Espírita, na Questão 201, Allan Kardec pergunta se “O Espírito que animou o corpo de homem pode, em uma nova existência, animar o de uma mulher, e vice-versa?” A resposta, com precisão, é taxativa: “Sim, são os mesmos Espíritos que animam os homens e as mulheres.” Sendo coerente com esta resposta, qualquer discriminação de caráter sexual ou a fixação na ideia de mais outro gênero parecerá pueril. Masculino, feminino, gay, lésbica ou outra designação são aparências provisórias e socialmente construídas, não devendo ser tomadas como intrínseca ao Espírito nem definidas a priori por Deus. O gênero é, portanto, uma construção psíquica e socialmente elaborada, consolidada pela reencarnação. Ainda viveremos numa sociedade de múltiplas manifestações de gêneros sem a hegemonia ou discriminação de qualquer deles. Viveremos numa sociedade de Espíritos em que todos respeitarão a todos sem o enquadre em gêneros ou estereótipos de qualquer natureza.


3 comentários:

  1. Estou de pleno acordo com Allan Kardec e o Livro dos Espiritos .E tb com tudo o que vc aponta sobre a abordagem linear e ingênua da construção psicossocial sobre a questão de gênero e o seu caráter sexual.
    Mas além dos limites do atual momento da humanidade, existe uma Essência Presente no Fundamento que constitui tudo e está em todos - alguns chamam de DEUS, outros de TAO , etc...Há um consenso de que a Origem é um Principio Unico (e Inteligente) e este se prolifera de formas diferentes e infinitas...
    E para a Essência se manifestar no mundo fenomênico existem dois elementos opostos que são incorporados (numa interação mutua ) e estão em eterno movimento e em busca de equilibrio (sempre impermanente). Toda energia que se manifesta no mundo é através dessa dualidade . Ela se torna bem visivel nas leis da natureza .
    No TAO tais elementos são denominados YIN e YANG, respectivamente: feminino,maciez, passividade,vale,outros e : masculino,dureza,atividade, montanha,etc.... Esses dois polos são mutuamente atraidos mas tb se repelem. Existem em proporções variaveis em todos os corpos fisicos mas nada pode ser totalmente YANG ou YIN.
    "..da mesma forma que a agua se modela dentro de um corpo, o homem deve aprender a equilibrar o seu YIN e YANG, a fim de viver em harmonia com o TAO ".
    E nessa aparente mutação se oculta a Unidade do TAO. Não queira entender, apenas contemple.

    Credo Taoista: "Sujeite-se ao efeito, e não busque descobrir a natureza da causa".

    ResponderExcluir
  2. Repetindo o espírito, por acaso, as mesmas escolhas de seu gênero,
    é certa a direção concreta do que quer em seu prazer,
    por ser o comandante das volúpias que completam o amor em seu próprio ser,
    já destinado nas tarefas que lhe conferem uma vida completa,
    pois não carece de outra festa que impulsiona seu tablado,
    onde me vejo no cenário dessa terra
    que me abraça como vim, longe das provações que a tantos aterram,
    por não verem suas vestes serem suas, nem seus corpos seguirem a direção de suas setas.
    E cresci sem perceber o olhar de uma irmã,
    a admirar minhas amostras prévias de alegria por tudo que vivia,
    a cantar, tocar, bailar nos quintais dos nossos pais, e eu nem sabia...
    dos conflitos e inseguranças desse espírito irmão, que veio em difícil missão,
    de um corpo e rosto lindamente femininos,
    mas de alma masculina, sem entender, sem compreender a dor
    no desamor do que queria, enfeitiçada por olhares que lhe respondiam com horror,
    até compreender quem aqui estava, quem lhe comandava, onde via o seu próprio Eu a olhar para o próprio Deus, como autor e criador de todas as suas lindas versões.

    ResponderExcluir